Boleta

São Paulo, SP, 1978.

Daniel Medeiros, conhecido como Boleta, iniciou sua carreira como artista e rua e grafiteiro autodidata nos anos 1990, tornando-se conhecido e respeitado pelo estilo próprio de suas pinturas, sempre carregadas de sentimento, cores e um traço característico.

É dos pioneiros do graffiti psicodélico brasileiro e, entre suas influências e referências, estão a iconografia da tatuagem, a psicodelia dos anos 1960 e 70, temas religiosos e elementos da natureza, sempre mescladas ao simbolismo dos passarinhos.

O artista já apresentou seus trabalhos em diversas cidades brasileiras, em Berlim e Nova York. Em 2012, foi o primeiro artista urbano de graffiti da história a explorar a técnica na Floresta Amazônica, dentro da Comunidade Vila Céu do Mapiá.

Comecei a pintar os pássaros em 2003, no começo, foi porque senti a necessidade de trazer esses seres pra conviver e dialogar com a cidade, onde já foi o seu habitat natural, como se fosse uma retomada”. – Daniel Boleta

Quer saber mais?

Quero!

MENU

Back

Carrinho

Compartilhar