Marcio Marianno

Santo André – SP, 1978

Com origem no universo pop dos quadrinhos e animações, Marcio Marianno, que também já enveredou pela linguagem do graffiti, agora se encontra imerso na pintura a óleo, participando de exposições coletivas.

Seu trabalho, resultado de uma intensa pesquisa sobre a linguagem pictórica, busca afirmar o sujeito artista-homem-negro e sua posição na sociedade contemporânea. A partir de sua própria imagem, Marianno encarna, como numa performance, um personagem que busca ao mesmo tempo seu lugar na contemporaneidade e sua ancestralidade.

Sua série de autorretratos, quase todos desprovidos de face, constitui-se de imagens obscuras e carregadas de memória, mas também traz referências imagéticas e cores da pop arte. Todos os trabalhos dizem respeito ao autorretrato.

Mesmo quando a imagem é um objeto, ou uma paisagem, todos são elementos potentes da memória e história do artista. Produzida em camadas, as pinturas de Marianno discutem os fazeres tradicionais aliados a uma narrativa atual e íntima.

(editado a partir do texto de Patrick Brandão)

Quer saber mais?

Quero!

 

MENU

Back

Carrinho

Compartilhar